terça-feira, 28 de outubro de 2014

Drácula - A história nunca contada: Minhas impressões do filme #2

Olá meus amores!

Hoje vim falar um pouquinho sobre o que achei do filme Drácula: A história nunca contada, que fui ver com minha mãe e irmã ontem no cinema!


Gente, sério, eu realmente fiquei sem palavras quando assisti ao filme. Acho que meu estado durante todo o filme foi simplesmente D-E-S-M-A-I-A-D-A! Que filme perfeito!!!!

Todo mundo que me conhece sabe que eu amo livros, filmes e séries relacionadas a vampiros, mas eu nunca havia me deparado com um filme tão bem feito e que contasse a história do Drácula de uma forma que mexesse tanto assim comigo. O meu forninho e o meu mundo caíram depois de assistir, isso é fato!

A primeira coisa que me chamou a atenção foi o fato do filme mostrar um Drácula humano e que acabou tornando-se um monstro para defender aqueles a quem amava, continuando com o coração nobre mesmo quando vampiro. A segunda foram os efeitos especiais! Cara, que efeitos! Palmas e mais palmas para quem produziu o filme. A terceira foi o quanto a história prende você do começo ao fim e te faz ficar apaixonada pelo guerreiro vampiro. E a última: o filme me fez chorar. Gente, dá pra acreditar?!? A única outra vez que um vampiro me fez chorar foi quando o Damon morreu em The Vampire Diaries (Spoiler Alert).

No filme nos deparamos com uma Transilvânia na época de expansão do império Turco, na qual as crianças eram entregues compulsoriamente aos turcos para serem transformadas em guerreiros aptos a morrer por um império do qual não faziam parte. Uma dessas crianças era Vlad, príncipe da Transilvânia, que cresce e transforma-se no mais temível guerreiro de seu tempo:  Vlad, o empalador.

Ele consegue retornar a Transilvânia, tornando-se assim rei e logo casa-se e tem um filho, prometendo a sua mulher nunca deixar que seu filho tivesse o mesmo destino que ele. Porém, quando o imperador turco decide, após 10 anos de paz, retomar a prática de levar as crianças, Vlad nega-se a aceitar e impede que levem seu filho. 

Isso dá início a uma guerra, e Vlad fará de tudo, inclusive negociar com um ser das trevas para salvar seu povo e sua família.

A história é maravilhosa, perfeita, incrível! Vale muito a pena assistir!

Recomendo muito!

Beijão,

Bruna M.

8 comentários:

  1. Tô com muita vontade de assistir esse filme, sério! Essa foi a primeira resenha que vi dele e olha, eu adorei! Acho que vou assistir esse final de semana, pois estou super ansiosa hahhah ♥
    Beijão <3
    http://docesexpressoes.blogspot.com.br/2014/10/bonecos-de-biscuit-de-halloween.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale muito muito a pena mesmo! É fantástico!

      Beijos

      Excluir
  2. Legal, mas acho que nunca vai ter filme de Drácula igual ao do "Drácula de Bram Stoker". Depois tenta ver.
    Queria te dizer que gostei de seu blog e por isso já o estou seguindo, bem como curti sua pg no FB.
    Abraços
    www.fatoscuriososdahistoria.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tentarei ver sim, já me falaram bastante dele!

      Beijos

      Excluir
  3. Fiquei louca de vontade de assistir, adoro o Drácula e o livro de Bran Stoker já está na minha cabeceira para ser lido assim que acabar com o cortiço. Bjs!
    Teddy

    ResponderExcluir
  4. Bah agora ao ler tua resenha me deu vontade de ver o filme! Valeu a dica! www.olhaaguriaaqui.com.br

    ResponderExcluir