terça-feira, 1 de julho de 2014

Palavras desconexas


É sempre assim. Sempre. Todas as vezes. As palavras somem. Basta você me olhar.

Chega a ser inacreditável. Eu ando constantemente em busca de uma explicação, razão, motivo ou circunstância capaz de explicar o efeito que você tem sobre mim. Fico em estado febril, o sorriso se torna incessante, os olhos brilham, a respiração fica entrecortada, as pernas ficam bambas, o corpo treme, o coração acelera e o cérebro repete incessantemente: você, você, você. Meu caso tem que ser estudado pela ciência. As reações químicas, físicas, sensoriais e psicológicas que você me causa são algo fora do normal. 

Quando você me toca sinto uma corrente elétrica atravessar meu corpo fazendo cada centímetro dele ficar em estado de alerta, ansiando por mais um toque, por mais de você. Os pensamentos lotam a minha mente, vagueiam incessantemente sem encontrar ponto de partida ou de parada, sem formar conexões. Fico lotada de ideias soltas e ao mesmo tempo completas, de tudo que quero te dizer e que minha boca não verbaliza.

Sei que é engraçado quando te digo que não sou boa com as palavras. Eu sou.

Só não sou boa com as palavras quando se trata de falar com e pra você. É que meu sentimento é tão imenso que parece que nada do que eu disser vai ter o menor sentido nem sequer se comparar com tudo que você me provoca. Mas vou aproveitar o momento e te dizer assim, só por alto, o que eu gosto em você. E não é pouco.

Eu gosto do seu sorriso, você deveria sorrir mais. Gosto de como você me olha e consegue me enxergar profundamente e por vezes até melhor do que eu sou. Gosto de como você me chama de amor e de como isso soa bem aos meus ouvidos e coração. Gosto de quando você se preocupa com os detalhes. Gosto quando você fica sério e sua expressão fica extremamente fofa. Gosto do seu cuidado. Gosto de você cuidando de mim. Gosto do seu toque macio e dos arrepios que ele me causa. Gosto do seu cheiro e de como senti-lo faz meu mundo parar por alguns segundos. Gosto dos seus braços, principalmente quando eles me abraçam e me fazem sentir protegida de tudo. Gosto do seu beijo, dos seus lábios nos meus e do sabor de doce que isso tem. Gosto de sentir sua respiração e de acompanhar os seus batimentos cardíacos acelerarem e desacelerarem enquanto você dorme no meu colo e te faço um cafuné. Gosto de te deixar curioso e rir da sua agonia. Gosto das nossas lutinhas pelo meu celular e de como é fácil te desarmar só fazendo cócegas. Gosto de quando você me faz dengo e me acha de meu amorzinho. Gosto de dançar com você e rir do quanto nós dois somos desajeitados dançando. Gosto de quando você me apresenta pras pessoas como sua namorada, isso é música pra os meus ouvidos. Gosto de te ver arrumando suas coisas e o ver o quanto você é organizado, só dói quando o que está sendo arrumado é a mala. Gosto de te ver chegar, é que sua chegada me traz o sol, a felicidade e tudo que eu preciso pra sonhar. Gosto de sonhar com você e dormir mais feliz porque sei que ainda vou te ter quando acordar.

Mas o que eu gosto mesmo é de te ouvir dizer: Eu te amo. 

Deve ser a única coisa que consigo te dizer, mas que é sincera e que expressa ao menos 0,1% do que sinto por você: Eu também te amo. Muito. Do fundo do coração.

4 comentários:

  1. Que texto lindo!
    Seguindo, e adorei seu blog, você escreve muito bem! :3
    http://staffbooks.blogspot.com.br/2014/07/trilogia-estilhaca-me.html

    ResponderExcluir
  2. texto maravilhoso
    http://meninamulher-meninapink.blogspot.com.br/
    faça uma visita no meu cantinho também , que esta com vários looks e posts legais :D

    ResponderExcluir
  3. Adorei o texto.
    "Eu gosto do seu sorriso, você deveria sorrir mais" coloquei no meu status do WhatsApp, espero que não se importe.
    Bitoquinhas,
    Blog - Facebook, viste-nos e curta.!

    ResponderExcluir
  4. Nossa!!!!!!!! Perfeito!
    Trechos Preferidos:

    "Só não sou boa com as palavras quando se trata de falar com e pra você."

    "Eu gosto do seu sorriso, você deveria sorrir mais. Gosto de como você me olha e consegue me enxergar profundamente e por vezes até melhor do que eu sou. Gosto de como você me chama de amor e de como isso soa bem aos meus ouvidos e coração. "


    byanak.blogspot.com.br

    ResponderExcluir