sexta-feira, 18 de julho de 2014

Guia dos cinéfilos: Filmow + Listas incríveis

Hello guys! Sou Ariana Magalhães, 17 anos, nova colaboradora aqui do blog e miguete da nossa Bruna Ma(y)la - (não aguentei). Pois bem, estou aqui para escrever um pouco sobre meus livros favoritos, resenhas, listas de filmes e séries. Portanto, sintam-se à vontade para pedir resenha de qualquer título que desejarem.

Nos próximos posts, seguirei com as resenhas e listas. Mas queria começar dando uma dica de Guia Cinéfilo pra vocês: o Filmow

Esse site permite listar seus filmes favoritos, os desejados, os vistos e os mais bem cotados pelos outros usuários do Filmow. Assim, você consegue, através das médias do site, ter noção da reação do público e ter ao menos uma ideia da qualidade do filme; se bem que muitas vezes a opinião massiva não representa tão bem a qualificação, mas ainda assim, acho uma boa!

Mas o melhor mesmo do site são as listas. Não resisti e tive que postar as mais fascinantes e instigantes pra mim.

Lista 1:  Melhores filmes Indie! (Lista criada por Karol Alves)


Pra quem não conhece essa denominação de Indie para os filmes, seria basicamente o que percebemos no Indie Music, algo independente, com uma vertente não exatamente comercial. Nessa lista, já assisti - e por isso posso recomendar com mais fundamento - a:
  • A arte da conquista
  • Ruby Sparks: a namorada perfeita
  • O fabuloso destino de Amélie Poulain
  • 500 dias com ela

E posso afirmar que tenho dois desses filmes como meus favoritos! (500 dias com ela e O fabuloso destino de Amélie Poulain) São absolutamente fantásticos. Diferenciam-se dos filmes comum seja pelo curso temporal inverso, como o primeiro; ou pela fotografia, a magia na simplicidade, do segundo.

Quero ver:
  • Ela
  • As vantagens de ser invisível
  • Uma viagem extraordinária
  • Minha vida sem mim
  • Submarino
  • Medianeras
  • The beauty inside
  • Brilho eterno de uma mente sem lembranças

Lista 2: Títulos sobre o conlito Israel-Palestina (lista criada por Smoke One)
Resolvi colocar essa lista simplesmente pelo meu fascínio por esse assunto. Apesar de ler muuito sobre ele, nunca havia percebido ou achado tal arsenal de filmes pra mim. Acabei de achar e acabei de mostrar pra vocês! Hahahaha
Não querendo ser utilitarista, mas aproveitando a oportunidade, é um assunto que tem graaande destaque e que querendo ou não, certamente vai aparecer nos temas dos mais diversos vestibulares que forem fazer. Acima de tudo, é importante entender que as reviravoltas do conflito, hoje, só poderão ser compreendidas em sua raiz, estudando o passado. É a história produzindo a arte e a arte produzindo história.

Dentre essa lista enorme, só assisti o tão incrível Valsa com Bashir. Mas não se iludam, achando que por ser animação o filme deixara de ser intenso (aliás, não ousem falar mal de certas animações pra mim, porque eu absolutamente amo, amo, amo animações. Sejam elas das mais bobas e bestas, aos assuntos mais sérios e intensos - Indico A pequena lojas de suicídios, um musical de animação incrível, otimista - por mais irônico que isso seja, surpreendente). Valsa com Bashir é um filme israelita de 2008, uma produção diferente que conta os pesadelos de um soldado durante o massacre de Saba e Chatila. Vale muuuito a pena ver!
Nessa lista dos que eu quero ver, estou absurdamente empolgada para assistir Promessas de um novo mundo, talvez por essa perspectiva infantil, tão ingênua e encantadora. São todas crianças, moradoras de um mesmo lugar, mas separadas pela religião.
Atirar num elefante é um documentário. E apesar de alguns documentários terem fama de passar uma visão massante do cenário, acredito que este em especial, pode retratar um choque de realidade fundamental pra quem almeja entender essa história, o terror vivido diariamente pelos Palestinos, civis sendo evacuados de suas casas e bombas explodindo no seu próprio quintal.



Lista 3: Filmes voltados para a piscologia (lista criada por Ercio Bamberg)


Essa lista contém um tipo de filme que eu sou apaaaaixonada. Filmes que impactam de verdade.

Não sabia antes de percorrer a lista inteira, mas a animação que eu falei antes  A pequena loja de suicídios, está na lista também.

Já falei sobre meu amor pela animação francesa A pequena loja de suicídios. Entretanto, não falei sobre meu amor por Donnie Darko, acho que poderia colocá-lo sem dúvidas, na minha lista de favoritos pela loucura do filme. É impossível de pesquisar, mas queria muito que vocês assistissem <3.
Uma mente brilhante é um daqueles filmes que te emocionam, John Nash é, in fact, uma mente brilhante. Passando por diversos problemas durante a sua vida, causados, ou intercorridos pela sua esquizofrenia, ele consegue aos 21 anos provar um teorema que garantiu a realidade de sua genialidade e um prêmio Nobel. Emocionante.
Como se fosse a primeira vez pode ser o filme que eu mais assisti na vida (tirando O Auto da Compadecida) e realmente soa como se fosse a primeira vez que eu estivesse assistindo-o. É um daqueles filmes que todo mundo assiste, ama e quer ver de novo.

Vou ter que falar de alguns filmes dessa lista porque preciso transmitir a intensidade da minha animação em poder assistí-los! Hahaha
Forrest Gump: Meu professor de HRI na universidade, indicou esse filme. Ele mostra a perspectiva de um cara com "QI abaixo da média" sobre 40 anos da história dos EUA (contando como destaques os episódios da Guerra do Vietnã e do caso Watergate).
A onda: Pelo que eu já li das sinopses desse filme, a onda se passa num ambiente escolar. Tudo acontece por causa dum professor que simula os ares de uma ditadura, entretando, ninguém imaginava as proporções que isso tomaria. As proporções que isso tomou me deixaram curiosa.
Laranja Mecânica: Creio que a maioria das pessoas já ouviu falar desse filme, isso porque, a maioria das pessoas refere-se a essa obra como revolucionária, o clássico da direção de Stanley Kubrick. EU SEI que a história pela sinopse não parece mostrar a falada grandiosidade da obra, mas já coloquei na lista dos quais eu preciso ver. Dizem ser um filme meio "psicopata", que realmente mexe com a mente do espectador, indico, portanto, que assistam com a mente aberta, para não só visualizar a violência  presente no filme, mas analisar a obra com verdade e sem pré-julgamento.
Brilho eterno de uma mente sem lembranças (apareceu pela segunda vez no post, resolvi dar minha opinião separada): No filmes estrelado pelo fantástico JIM CARREY <3, Joel sabendo que sua ex-namorada se submeteu a um processo para apagar as lembranças que tinha dele, resolve realizar o mesmo processo, até o momento que descobre que não deseja esquecê-la.
Ensaio sobre a cegueira: Comecei a ler o livro de Saramago e realmente não esperava a existência do filme! Rs Não sei se parece tão incrível quanto é o livro, mas preciso assistí-lo. Basicamente a história se passa sobre uma cegueira branca que atinge pessoas sem clara ligação primária; a cegueira passa a ser vista como uma epidemia, ainda sem causas, ou origens. Buscando parar a contaminação, o governo coloca os afetados pela doença num recinto, um antigo manicômio; tendo eles então, que passar por suas necessidades básicas seguindo seu instinto, guiados por uma única pessoa que enxerga, mas que tem que fingir ser cega para poder continuar no lugar. A essência da história é a tentativa de buscar a humanidade perdida.


Falei muito, mas consegui expor alguns dos meus filmes mais amados por aqui. Nos próximos posts, seguirei com mensagens mais curtas e com algumas resenhas individuais, listas de favoritos, etc.

Se quiserem me encontrar, estou no Instagram (magalhaesari), no Filmow e no Skoob

Beijos,
Ariana Magalhães


4 comentários:

  1. Muito boa a sua lista, a maioria dos filmes eu já vi.
    Big beijos
    Lulu on the Sky

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito da lista!!
    http://pensamentosdefabs.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir