quinta-feira, 16 de maio de 2013

Quando ele passa...


1...2...3...

Essa sou  eu tentando voltar a respirar depois de ter ver passar por mim. É involuntário, brutal, desconexo, paralelo, anormal... Sei lá, seu olhar pra mim é algo que chega ao irreal. Seu jeito mexe comigo de uma forma sobrenatural. Como se cada partícula do meu ser reagisse momentaneamente a qualquer movimento seu. Como se meus pés criassem asas e me levassem a qualquer lugar perto do paraíso.  Como isso acontece? Também não entendo ou consigo explicar. Só sei que é assim.

Falar com você é transformar meu corpo em um agrupamento de reações químicas que acontecem com ritmo descontrolado e não podem ou querem parar. É como se meus batimentos cardíacos tivessem a velocidade da luz e se comparassem ao número de estrelas ou grãos de areia. Quando você passa... Ai Deus. Eu volto pra o mundo perfeito que construí pra nós dois. Livre da culpa, do arrependimento e a da dor. Um paraíso proibido e criado pra mim e pra você. Pra sempre.

Aí você vai embora. É como se um vazio me preenchesse e tudo o que um dia foi alegria se transformasse em nada. Como se o arco-íris que desenhei pra nós perdesse a cor e sobrassem apenas os tristes tons do cinza. É como se sem você meu eu se perdesse em mim mesma e corresse para um caminho sem volta.

E os meus dias correm assim vagarosos, nessa doce agonia de te ter e perder ao mesmo tempo...

Bruna M.

18 comentários:

  1. Ai Bru... essa agonia de ter e perder... que nunca sentiu isso?? Quem nunca perdeu o ar dessa maneira? Quando aquela pessoa passa...
    Adorava sentir isso? Doida né??
    O texto está ótimo... me fez sentir assim novamente! amo...

    Bjinhos
    Ju
    asbesteirasquemecontam.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amo me sentir assim também haha

      Beijuuu

      Excluir
  2. Esse texto ficou simplesmente perfeito! Sério, parabéns! Eu amei demais e me identifiquei...
    <3'

    Beijos ;*
    Blog ~~> Kiss of Gloss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou!!! Obrigada mesmo!

      Beijão

      Excluir
  3. Oi flor, obrigada pela visita =)
    Adorei o texto,parabéns.
    Beijos

    diaadiacomabeleza.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Gostei do texto, só não gosto de sentir o que nele diz rsrs

    www.chitafilo.com

    ResponderExcluir
  5. gostei do texto.
    sinto falta dessa sensação, de perder o ar, ficar sem pensar! rs

    bom fim de semana
    beijos
    http://365diasvariados.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Amei o texto .. sempre quis ter essa sensação de estar apaixonada, mas seria bom se essa paixão fosse correspondida :]

    http://blogmundoanny.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paixão correspondida é sempre melhor mesmo!

      Beijão

      Excluir
  7. Sempre que ele passa por mim, fico sem respirar, fico sem jeito, não sei o que vou ou o que ia fazer... Ai seu texto me inspirou!
    bjjs
    raquelmorabito.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Bonito texto, bem profundo.

    Gosta de sorteios? Participa dos meus então: http://rockcomluxo.blogspot.com.br/p/sorteios.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou! Participo sim!

      Beijão

      Excluir
  9. Lindo texto, adorei!!
    Seu blog ja esta entre os meus favoritos!
    Beijos

    http://angelinnovate.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Texto totalmente real... Esses são os agonizantes, ás vezes bom efeitos do amor!
    Não gosto de sentir isso. Mas se vier com um amor correspondido, a sensação é bem melhor :D

    Beijoos Bruneca! Já estou apaixonada pelo seu blog :**
    Entra lá no Confidence, tenho certeza de que vai gostar!

    http://www.confidencegp.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir